Uma bonita viagem de carro leva- o até à Torre, o ponto mais alto de Portugal, localizado na Serra da Estrela. A Torre tem 1993 metros de altitude e não é o pico de uma montanha. Através de uma estrada pavimentada, este ponto alto e plano, é facilmente alcançado de carro. Às quartas-feiras pode combinar esta viagem com uma visita ao mercado em Seia.

Seia é uma cidade bastante ocupada. Em Seia, a estrada para a Torre está bem sinalizada e sobe lentamente. O Sabugueiro, a 1050 metros de altitude, é a mais alta aldeia de Portugal.

Nós fizemos esta viagem num dia de frio e chuva, e as nuvens baixas não nos deixaram ver muito. Deu-nos no entanto um lindo céu. A meio do caminho entre o Sabugueiro e a Torre está a Lagoa Comprida, que é um reservatório de água.

A barragem não passa despercebida da estrada e para ver a Lagoa caminhe passando a barragem e suba as escadas no final desta.

Dica!

covao dos conchos, sinkhole

Agora que você está aqui no bairro: Uma grande caminhada (boa sapatos!) Que vale a pena, levando ao “segredo” do Covão dos Conchos O sinkhol é bastante escondido atrás de florestação e não é visível a partir das trilhas.

No cimo da Torre, existe um restaurante e várias lojas de recordações, onde pode comprar queijos deliciosos, chouriços, pão e vinho, e também bonitas meias quentes e confortáveis, principalmente se estiver um dia molhado e cinzento.

No chaminho de volta, pode escolher seguir a estrada que vai para a Covilhã e entrar na N230. Uma estrada na montanha, leva-lo-á através de bonitas pequenas aldeias, tais como, Unhais da Serra, Alvoco da Serra e Loriga.
Por acaso, também passámos pela aldeia de Sandomil, depois de seguir pela N231 ( porque a N230 estava cortada). Sandomil é mais uma linda jóia nas margens do rio Alva. Um local que vale a pena sair do carro para visitar.